Bolo de Ameixa

Em Recife todo mundo conhece bolo de ameixa. É a base do famoso “bolo de noiva” (dêem uma olhada em Bolo de Noiva). Mas antes de falar sobre o bolo em si, deixem-me contar um fato no mínimo curioso.

Cida sabe que eu adoro bolo de ameixa. Na verdade é o único bolo que gosto realmente – pode-se dizer que todos os outros bolos foram meros casos, mas com bolo de ameixa rola amor de verdade! 🙂 Pois bem, ela não se demorou em encomendar pro dia de meu aniversário, ano passado (2009), já aqui em BH, um potencial suculento bolo de ameixa com cobertura de chocolate. Dispenso a cobertura no caso de bolo de ameixa, mas como não era só eu que ia comer o bolo, eu poderia fazer o esforço de remover a cobertura antes de comer.

A essência da conversa entre Cida e a boleira (fazedora de bolos, confeiteira, cake designer, algo do tipo…) foi mais ou menos a seguinte, de acordo com a primeira:

– Vim encomendar um bolo de ameixa com cobertura de chocolate.
– Hum, bolo de ameixa?
– Sim… Mas de ameixa mesmo viu? Com cobertura de chocolate.
– Certo. Pode vir pegar no horário X.
– OK. Até mais.

O bolinho que chegou foi o seguinte:

Após partir o bolo, surgiu o seguinte cenário:

Observem: o bolo é branco por dentro! Isto é, pão de ló (acho) recheado com doce de ameixa. Com isto, obtive o primeiro indício de que os mineiros, ao menos a cake designer que foi recomendada à Cida, não conhecem o que os recifenses chamam de “bolo de ameixa”.

O segundo indício veio quando ao comentar o fato com os colegas de trabalho nenhum deles conhecia o “tal” bolo de ameixa (alguns faziam até uma cara meio de nojo, etc). Me convenci de que o minero não conhece o bolo de ameixa, mesmo.

Fiz uma pesquisa na Internet sobre o termo “bolo de ameixa”, e o que encontrei mais foram textos de pernambucanos; quando não, a maioria internautas de outros estados falando de quão bom é o bolo de ameixa pernambucano! Enfim, bolo de ameixa é lavra de Pernambuco. Isso me deixou perplexo… tão perplexo quanto o desconhecimento dos não-pernambucanos a respeito de algumas palavras que usamos com frequência (não deixe de ver o Dicionário Pernambuquês, para não ficar azuretado com algumas coisas que falo e afolosar de vez os neurônios tentando atribuir semântica a minha sintaxe arretada :-)). Perplexo: não sei porquê eu não imaginava que outros não soubessem.

Minha mãe faz um bolo de ameixa espetacular! Prometi aos colegas de trabalho Brian e Lisia que quando minha mãe estivesse aqui em BH eu iria pedir pra ela fazer um bolo de ameixa de verdade, e então iria levar para eles provarem. Dito e feito! Trouxe minha mãe para BH, ela fez o bolo e eu levei para eles provarem. Aproveitei e chamei Júlio e Maurício para provarem também. Resultado: sucesso total! Eles não conheciam de fato, e adoraram o sabor. Ao final, me cobraram a receita do bolo. Na verdade me cobram até agora 🙂 Então segue o algoritmo:

Ingredientes:

  • 400 g de ameixa (sem caroços);
  • 3 xícaras (chá) de açúcar;
  • 4 ovos;
  • 250 g de margarina;
  • 4 xícaras (chá) de farinha de trigo com fermento;
  • 200 ml (garrafinha) de leite de côco.

Modo de preparo:

  1. Fazer um doce com as ameixas usando 1 xícara de açúcar. Deixe esfriar o doce (reserve);
  2. Misturar margarina com as 2 xícaras de açúcar restantes. Mexer até formar um creme;
  3. Misturar as 4 gemas dos ovos ao creme e continuar mexendo;
  4. Colocar a farinha de trigo, todo o doce de ameixas e o leite de côco aos poucos na massa anterior, misturando;
  5. Colocar as claras em neve, envolvendo-a na massa (não mexer, apenas envolver);
  6. Colocar massa resultante em forma untada e enfarinhada. Se preferir, usar papel manteiga na forma;
  7. Levar ao forno pré-aquecido (pré-aquecer por uns 10 min) a 200 °C por aproximadamente 60 min (até a massa não grudar em palito de madeira).

Vejam uma imagem do bolo de ameixa pronto:

Enfim, é isso. Aproveitem a receita, se deliciem e divulguem o autêntico bolo de ameixa pernambucano! O paladar do Brasil vai agradecer. 😉

Anúncios

34 comentários

      • Olá, Margarida! Você pode picar as ameixas para ter uma calda mais homogênea, de forma que ela possa ficar bem distribuída por todo o bolo. Mas se você consegue esta calda (para mistura homogênea) usando ameixas inteiras, isto é, se na sua calda as ameixas perdem a consistência e se espalham com facilidade, acho que se consegue um efeito similar.

        Curtir

  1. Pra quem ainda não conhece, não sabe o que está perdendo…
    Agora com a receita em mãos só resta tentar fazer (… e dominar o mundo, uahahahahaha… exceto Pernambuco rrsrsrssrs). Brincadeiras a parte, vamos ver se sai alguma coisa!!! =D

    Curtir

      • Sugiro um concurso de bolo de ameixa feito por não-pernambucanos, o resultado poderá ser avaliado por outros não-pernambucanos, mas o voto de Minerva será do autêntico pernambucano, Marcelo! Oq acham? Outra sugestão é que seja em dias diferentes 🙂

        Curtir

        • Por mim já tá aceito, Lisia! rs – Só lembrando que o bolo é simples demais… O fato dele aparecer só em Pernambuco é que ainda é um mistério pra mim! rs
          Se você juntar um bom número de mineiros pro concurso vai ver as maravilhas que vão sair. Outra coisa: podem inovar! Colocar fruta cristalizada, uva passa, cobertura de glacê real. Enfim: podem ser criativos. 😉 – Ansioso para comer o autêntico bolo de ameixa não pernambucano… haha

          Curtir

  2. Se não estou enganada na receita fala pra fazer um doce da ameixa e reservar,depois vem todo o preparo do bolo,só que não diz em que momento coloca o doce na massa.
    Beijos.

    Curtir

  3. Marcelo, eu sou do Sul e também não conheço este bolo, nunca comi. Um amigo de Niterói me disse que vendem na padaria perto da casa dele e é maravilhoso.
    Adorei tua receita. Mostra para tua mãe as minhas receitas no Tudo Gostoso do UOL.

    Curtir

  4. Ontem, dia 31 de Outubro, estive numa festa de aniversário, e comi um bolo de ameixa divinal. Este, era o bolo do aniversariante. Estamos nos Açores, ilha do Faial, porém a mãe do menino é brasileira. O que importa, fiquei deliciada. Hoje, bem cedinho, vim procurar uma receita, pois estamos a comemorar o pão- por- Deus e quero levar um doce para o almoço de família, com pais, irmãos, sobrinhos, marido e filhas. Obrigado por estar aqui a receita do bolo de ameixa.

    Ana

    Curtir

  5. Olha, vou dizer uma coisa…comi esse bolo aqui em Portugal, de uma amiga que trouxe de Recife e fiquei simplismente apaixonada por ele. Mt obrigada por partilhar essa receita maravilhosa!!!

    Curtir

  6. Marcelo,

    Meu nome e Anita e moro em Montreal desde 2006 com meu filho,filha e marido canadenses, Estava com saudades de comer um bolo de ameixa e nao sabia tb que ele era pernambucano (LOL). Vou tentar essa receita de sua mae! Tambem tenho esse dicionario de pernambuques e o trouxe para Montreal! Saudades de Recife!

    Obrigada!

    Anita.

    Curtir

  7. Marcelo querido, Parabéns e um grande abraço de uma também pernambucana com muitissimo orgulho…Sua mãe tá de parabéns. O bolo é maravilhoso beija ela por mim.
    Viva pernambucanos e nordestinos .Moro pertinho de Curitiba e amo minha terra.

    Curtir

  8. Sou paibana e moro em Roraima, esse bolo é tudo de bom,sempre que tenho saudade da minha terra faço esse bolo me esbaldo comendo o bolo e chorando de saudade, coisa boa né
    menino,bjs aos nordestinos…

    Curtir

  9. Oi marcelo,boa tarde !,menino também sou pernambucana, moro aqui em São Paulo e também morro de saudades do bolo de ameixa que minha tia fazia,que legal que achei a receita da sua mãe,Vou fazer agora para comer depois do almoço de ano novo,depois te conto como foi . E antes que eu me esqueça feliz ano novo para você e sua familia..

    Curtir

  10. […] Eu fiquei sabendo “há pouco tempo” de uma simulação de viagem no tempo no nível quântico (ps: as aspas no começo da frase foi uma semi-piada sem graça), uma tentativa de ampliar o entendimento que ajude na criação de uma (tão almejada) teoria de unificação da relatividade geral com mecânica quântica, vislumbrando a solução para paradoxos ligados a causalidade (como o paradoxo do avô). […]

    Curtir

  11. Sou paraibana,mais por algum tempo morei no Pernambuco,e diga-se de passagem me tornei uma fanática de bolo de ameixa. Acredito que foi o único e melhor bolo que ja comi de ameixa foi no Pernambuco.
    Paraibanos me desculpes mais so encontro esse bolo na terra pernambucana ❤❤❤
    #MelhorNãoHá. 😋

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s